Desocupados que passaram por aqui

sexta-feira, março 04, 2011

Vam’bora pular carnaval?


“Mimimi o Brasil só começa depois do carnaval.”

Sério, existem poucas coisas que me irritam tanto quanto essa frase. Ela resume todo o espírito do “jeitinho brasileiro”. Por mais que eu odeie generalizar, é inegável que essas pessoas são aqueles acostumados a empurrar tudo com a barriga, a sempre querer dar um jeitinho em tudo, e que sempre se guia pela lei do mínimo esforço. E é o mesmo tipo de pessoa que reclama de desemprego e de salários ruins, mas que ao mesmo tempo sempre torce pra que consiga emendar vários dias de feriado...

Desculpem.. Foi só um desabafo.


Não vou falar sobre isso hoje.


Quer dizer, eu vou falar sobre carnaval, mas não estou com paciência de ficar reclamando do carnaval. Fica pro ano que vem, talvez.

O fato é que depois de só duas semanas de aula, já vou ter uma semana de folga graças ao carnaval, e justo quando eu já estava entrando no ritmo de volta às aulas...
Mas, e aí? Como é meu carnaval?

Deduzo que depois de um ano lendo meus textos, vocês já devem suspeitar que minha social não é o que chamariam de “agitada”. Dificilmente/raramente/quase nunca eu saio pra “curtir” (baladinhas, festas, tchubirabirão e afins) então nunca uso meus preciosos feriados como desculpa pra farrear.

Então basicamente uso meus feriados pra dormir até tarde, jogar video game adoidado, assistir meus programinhas na TV e ficar zanzando na internet (e escrevendo meus super-mega-ultra-blaster textos).

Não me julgue!

É claro, eu também saio as vezes, viajo quando dá e essas coisas. Mas nada que se diga ”caraaca, o mulhéqui tá fritando na vibe, Brow!”

Mas o carnaval é um caso especial. Eu fico a semana inteira fugindo de qualquer coisa que remeta a esse “festival”. Praticamente não há nada no carnaval que me agrade.

E se você vier e falar “não gosta nem do desfile de bundas é, boiola?” eu juro PELOS CÉUS que te castro!
*Ahem*

Acho que esse meu bloqueio ao carnaval remete a minha infância.

A coisa mais antiga que eu lembro sobre o carnaval é que eu queria acordar e já ir logo assistir meus desenhos na TV mas ai aquela caca da apuração tomava todo o horário da manhã e eu era obrigado a ficar ouvindo “QUESITO BLABLABLA.... NOOOTA... NOVE E SETENTA E CINCO!”

Isso marca a mente de uma pobre criança.


E naquela época eu não tinha tantos meios de me distrair enquanto mamãe e papai assistiam a apuração, então essa minha repulsa foi aumentando.

E, é claro, conforme fui crescendo e desenvolvendo meu gosto musical (entenda-se: virei um adolescente que repudia qualquer coisa que não seja rock) passei a ODIAR os desfiles das escolas de samba.

Digo, o processo já é chato o suficiente: 10 horas por dia vendo um bando de gente fantasiada de pavão (ou sem fantasia alguma) tira qualquer um do sério.

E tudo só piora quando você percebe que todas as músicas das escolas são iguais, os “enredos” fazem menos sentido que Evangelion, e, como eu já disse, as 10 horas com as mesmas batidas e aquele bando de velho rouco gritando esbaforidos...

Carnaval é um prova de paciência...

Mas, bem, pretendo diminuir o sofrimento musical dessa data, e preparei uma “playlist” pra ajudar todos a sobrevirem aos “Tchubirabirão” dessa semana:

Se você estiver numa onda mais calma:

Toe: RGBDVD
Toe é um trio japonês com musicas apenas instrumentais.
Os caras mandam muito bem em seus respectivos instrumentos, e as músicas deles são ótimas pra ficar ouvindo relaxando.
No caso, o RGBDVD é um DVD com músicas de shows deles e é absurdamente bom. Dê uma procura por aí pra ouvir alguma coisa deles.



Se você estiver mais psicodélico/pesadão:

Mastodon: Crack the skye
Mastodon é uma banda que meu irmão me apresentou. A primeira ouvida, eu não curti muito, mas depois que eu comecei a ouvir mais o CD “Crack the Skye” deles eu aprendi a gostar.
Eles tem um sonzinho mais “viajado” e com um bom peso.
Comece ouvindo pelas música “Oblivion” que talvez você comece a gostar deles também.





Se você estiver mais “alternativo”:

Incubus: “Morning View” ou “Make Yourself
Incubus é uma das minhas bandas favoritas no momento. Se você nunca ouviu, recomendo qualquer um desses dois CDs deles. Foi difícil escolher qual eu gosto mais.
Por um lado, “Morning View” possui a ótima “Wish you were here”, já o “Make yourself” possui a clássica “Drive”.



Se você estiver mais “ONE TWO THREE FOUR!”:

OST do filme “Scott Pilgrim Vs The World”
Isso aí, “Evil Monkey”, se você está lendo aqui deve saber que me convenceu a ouvir esse ótimo CD. E devo dizer que me viciei em mais da metades das músicas dele.
WE’RE SEX BOB-OMB, AND WE ARE HERE TO MAKE YOU THINK ABOUT DEATH, AND GET SAD AND STUFF...”






Se você estiver mais “Harcore bate-cabeça”:

Dead Fish: Um homem só
Dead Fish me lembra da minha época em que eu tinha banda (a gente fazia cover de algumas músicas deles) e ouvir as músicas deles sempre me dá aquele sensação de nostalgia.
E esse CD em particular eu acho o melhor deles.
E ir escutar e sair correndo pra roda fazer um bate-cabeça maneiro...







E agora que você tomou um chute na costela, paro meu texto por aqui!

Tenham um dia bem tchubirabirão*cof cof*


Tenham um bom dia!

5 comentários:

  1. Cara... no sambodromo é muito bom !!!
    Carnaval é muito legal !!
    Vamos fritar no chubirabirão!!ou no berra vaca

    ResponderExcluir
  2. Kaum, meu caro, você não está sozinho nessa. Adoro feriados porque não preciso fazer nada, mas se tem uma coisa que eu odeio é essa hipocresia brasileira de só se tornar patriota no Carnaval ou na Copa do Mundo. Também odeio quase tudo que não seja rock. As poucas músicas brasileiras que eu escuto são os Mamonas ou então Pedra Letícia, que tem um som muito bom.

    Pra tirar essas marchinhas infernais da cabeça eu recomendo Rise Against. Paper Wings, Like the Angel e Give it All são algumas das minhas preferidas deles.

    Bom, é só isso. Aproveite o feridado.

    ResponderExcluir
  3. Ah, e antes que eu me esqueça:

    WE ARE SEX BOB-OMB!!!1,2,3,4!!!

    ResponderExcluir
  4. Yay, propaganda gratuita!

    Weitaminute! Você não pôs link pro meu blog!

    Morraaaaaaaaaaaaaaaaaaa!

    Just Kiddin', não coloca não senão eu vou ficar soando que nem um babaca.

    "Isso você já faz sozinho!"

    Shut up!

    bem, ótimo artigo, eu também não sou fã de carnaval...nem um pouco...nem um pouquinho...

    ...Eu acho que você pode dizer que eu não gosto de carnaval...

    ...Talvez ir mais longe e dizer que eu Desgosto de carnaval...

    ...Não seria exagero dizer que eu odeio carnaval...

    Aw, foda-se, eu acho o carnaval um bosta fedorenta coberta de mijo, pronto, falei...

    ResponderExcluir
  5. @lucas sena
    ooopa
    Rise Against é muito bom.. Curto bastante (as poucas músicas que eu conheço)

    @evil monkey
    olhe mais atentamente..
    justo na palavra "convenceu" eu deixei o link pro seu texto..
    HA!

    acho que os links não devem estar muito visiveis... devo mudar a cor da fonte...

    ResponderExcluir