Desocupados que passaram por aqui

domingo, fevereiro 13, 2011

Lanterna Verde: Sem medo. “...e na noite mais densa..”

Sabia que eu tenho tendências nerds?

Nooossa... Que surpresa.

Em muitos fatores eu posso ser considerado um nerd, mas sempre teve um assunto em que eu pecava muito: os quadrinhos.

Sempre me interessei bastante por HQs e afins, mas nunca colecionei nada, e o máximo que tinha eram umas 5 edições mensais do Homem Aranha compradas ao longo de 7 anos. Não é o que eu chamaria de uma “biblioteca invejável”.

Mas isso começou a mudar a partir de ano passado. Comecei a desenvolver um desejo compulsivo de comprar quantos quadrinhos eu conseguisse e dei inicio a minha coleção.

Entretanto minha biblioteca continua escassa, tanto pelo fato de eu só comprar encadernados, quanto pelo fato de eu só colecionar HQs da Marvel.


  

Não sei por que, mas nunca fui muito com a cara das histórias da DC, e não conheço muita coisa das outras editoras. Ou seja: 90% da minha coleção é só da cria de Stan Lee, e o único DC que eu tinha era Watchmen.

Mas algo aconteceu que poderá vir a mudar minha opinião sobre a DC a longo prazo, quando me deparei com o novo encadernado “Lanterna Verde: Sem medo” enquanto passeava por uma livraria.
Sabe o ditado “não julgar um livro pela capa”? Foi totalmente o oposto. A única coisa que me chamou a atenção nesse HQ foi a capa.

Sempre que eu ia pra livraria, lá estava ele numa posição de destaque na parte de “Quadrinhos”, e ele ficava olhando pra mim, como se dizendo “Duvido você não me comprar. Olha só como eu sou maneiro. Capa dura... Arte bem feita... DELUXE!”

Então depois de muita insistência, e depois de ter desistido de juntar mil dinheiros pra comprar Sandman, resolvi dar uma chance ao verdão. E devo dizer que me surpreendi bastante.

A história acompanha Hal Jordan, o lanterna verde original, que depois de morrer acaba recebendo uma segunda chance de viver, renascendo para ajudar a reerguer a tropa dos lanternas. Tarefa que não vai ser fácil, já que ele vai ter que enfrentar robôs destrutivos, tubarões super desenvolvidos, gremlins que falam alemão, mãos sinistras, cabeçudos poderosos e aranhas espaciais. Adoro a criatividade da DC pra criar inimigos...

A história pode parecer complicada, principalmente pra quem não acompanha o herói, jogando o leitor no meio de uma história em desenvolvimento. Mas graças a Oa o HQ conta com uma seção explicando a história até o ponto. Você não vai virar um expert em Lanterna Verde, mas vai conseguir se situar no universo dele e poder aproveitar o quadrinho.

Mesmo tendo tanta coisa acontecendo aparentemente sem ligação, e de uma ou outra coisa terminar em aberto, a história é boa até. É possível conhecer vários personagens interessantes do universo dos lanternas, bem como criar um interesse pela mitologia deles.


Algo que me chamou muito a atenção no quadrinho foi a arte. Apesar de eu não conhecer o trabalho de nenhum artista que trabalha nela (só conheço um dos roteiristas, o Dave Gibbons) admito que os desenhos ficaram muito bem feitos. Juntando-se a isso a ótima qualidade da impressão (ta de parabéns, Panini) o resultado é uma obra muito bonita de se ver.

Pena que não vou botar nenhuma imagem do quadrinho aqui (é meio feio pegar scans de quadrinhos), mas vocês vão ter que acreditar na minha palavra. Se não acreditam, na próxima vez que forem em alguma livraria, peguem esse quadrinho e dêem uma folheada nele e me digam se não é um trabalho digno de atenção.


Avaliação: Julgue um HQ pela capa.

Eu comprei esse HQ sem saber o que esperar. Na verdade, eu até temia não gostar dele. Mas não é que ele é bom? Não vou dizer que é o melhor que tenho, mas é bem interessante.

Ele é amigável o suficiente pra atrair a atenção de quem não é familiarizado com a história do herói, e possui qualidade o suficiente pra agradar quem só procura um bom quadrinho pra ler.

E pra quem já é fã, bem... Se eu, que não gosto de quase nada da DC, gostei dele, imagina quem já gosta dele...

Não vou dizer que esse HQ me fez ficar apaixonado pela DC, mas pelo menos despertou meu interesse de dar uma chance a eles...


Quem sabe um dia eu não leio algo do Superman...



Não..
Aí já é exagerar...

Mas pelo menos fiquei com vontade de assistir o filme do Lanterna Verde que vai sair...


Tenham um bom e claro dia, mesmo na noite mais densa!

Um comentário:

  1. Se você quer umas boas recomendações eu sugiro as minisséries.

    Batman o cavalheiro das trevas e Skreemer são duas boas pedidas.

    Se você quiser uma coisa de fora da dc/marvel as únicas coisas que eu posso recomendar são Sin City e 300.

    Porra Frank Miller, por que você tinha que virar uma merda?

    ResponderExcluir