Desocupados que passaram por aqui

terça-feira, janeiro 05, 2010

Kingdom Hearts 2: ONDE É QUE ELES ESTAVAM COM A CABEÇA?!?!?



E, bem, a comunidade que me apresentou TotA foi a desse jogo que vou falar hoje.

E você já deve ter percebido que eu escrevo sobre o que eu quiser, e só faço essas ligações como uma desculpa para parecer...sei lá.. “diferente”.

Que seja.

Após um longo hiato *cof cof* PC quebrado *cof cof*, eu volto a escrever aqui .

Só fico triste por que meu PC não foi arrumado, e eu já tinha um texto de 5 páginas preparado nele, e agora tenho que fazer tudo de novo. Que isso sirva de lição pra criancinhas de hoje em dia que não conhecem as maravilhas de um belo back-up.



Enfim.
Um belo dia, produtores da Square estavam em sua base secreta subaquática no meio do círculo ártico. Tudo ocorria bem, até que um deles teve uma idéia. Idéia provavelmente desencadeada pelo uso de narcóticos e uma breve visita a festa de 5 anos de seu sobrinho.

Ele pensou: “Por que a gente não junta nosso jogo de maior sucesso, que nos arrecadou milhões de fãs nerds por todo o globo, e o juntamos com uma empresa que arrecadou milhões de fãs pequetuchos? Tipo...ahm..um...ahm...FINAL FANTASY DA DISNEY!!”

E com isso eu deduzo que esse cara devia ser o chefe ou ele estava armado, já que concordaram com idéia.

Não...

Sério..

Alguém me responde em que mundinho paranóico e descontrolado essa seria uma boa idéia?

...

Bem... provavelmente nesse mundinho paranóico e descontrolado, já que essa idéia não só deu certo, como continua dando e ainda tem muito pra dar....

Com vocês, o jogo que tinha tudo pra ser mais esquisito que briga de mendingo!


Eu me lembro quando esse jogo foi anunciado. Eu vi uma noticia de umas 6 linhas, canto de página, na falecida “Ação Games”. Dizia algo como : “Disney topa criar RPG” ou coisa parecida. Na época eu ainda não era familiarizado com Final Fantasy (de fato, eu nem jogava RPG), mas a noticia me marcou, e, anos depois, com um PS2 em mãos, eu pude jogar essa pérola.

Só que alguém esqueceu de avisar meu irmão que esse era o segundo jogo da série.

Bem, ele queria me dar um presente, e me deu esse jogo, que eu já havia comentado com ele sobre, e ele achou uma boa comprá-lo. Pena que tinha um jogo antes né?

Agora me encontro numa encruzilhada.

Eu poderia parar e explicar toda a história do primeiro jogo, e do intermediário (Chain of Memories), e isso me tomaria muito tempo, e o texto acabaria ficando quilométrico.

Ou eu poderia seguir pelo caminho dos fracos e covardes, e só explicar a história desse jogo e deixar todos os que não conhecem a franquia no escuro.

Bem... mas como todos os meus leitores são da comunidade “Kingdom Hearts 2 Remake”(com um ou outro perdido por aí) já dá pra saber qual caminho eu escolho né?

Se você não está familiarizado com a franquia, não se aflija (e por favor, não pare de ler meu blog). Eu comecei a jogar por esse jogo e nem por isso fiquei traumatizado. Muito.

Tudo bem que a história ficou um pouco mais confusa de se entender, porém foi isso o que eu senti na hora. E como eu quero lhes ensinar sobre empatia, vocês vão sentir isso agora também.

Certo então.


A história se passa em torno de um ano depois do primeiro jogo. Sora, junto com Goofy (a.k.a. Pateta), Donald (a.k.a. .... ahm... Donald), Riku e Mickey (é...você leu certo...e ele ainda é um rei) SALVARAM O UNIVERSO DAS FORÇAS DO MAL!! (que aqui são os heartless).

Você começa o jogo controlando Roxas, um garoto simples que vive em sua cidade simples, com seus amigos simples, simplesmente fazendo coisas simples no seu simples dia-a-dia.
E nessa parte todos que jogaram o primeiro jogo vão se perguntar “QUEM DIABOS É ESSE CARA?!?”. Viu só como é bom não ter jogado o primeiro? Caso contrário você estaria gritando essa frase no meio da sua sala e sua mãe ia parar de te dar alimentos com açúcar.

A vida de Roxas corria bem, até que, DE REPENTE!, monstros esquisitos aparecem e atrapalham a vida de todo mundo.
Ai que, então, Roxas desperta o poder da Keyblade (a arma – espada em formato de chave – usada por Sora) e derrota alguns desses monstros.
Além de tudo isso, Roxas começa a ter sonhos, que são lembranças do primeiro jogo.

É. Tudo muito confuso.

E pra confundir ainda mais, todas as memórias aparecem como se fosse a recuperação de um programa (que me lembra de meu PC quebrado..buaaaaa buaaaaaa buaaa).


Bem. Esquisitices vem, esquisitices vão, Roxas acaba indo visitar uma mansão abandonada em sua cidade, onde ele descobre um laboratório secreto. E nesse laboratório ele encontra uma câmara, que ele abre.

E, bem...a partir daí você começa a controlar Sora (que tava dormindo nessa câmara).
Sora não se lembra de nada, nem o que ele ta fazendo naquele fim de mundo. Ele só se lembra que tem que encontrar seu amigo Riku e o rei Mickey, que ele não vê desde..o fim do outro jogo.
Bem...se eu ficasse um ano dormindo eu também iria sair por aí procurar algum conhecido.

A história pode parecer confusa (e é), mas conforme o jogo avança você descobre respostas pra tudo isso. De fato, só a vontade de descobrir a história já vai te prender por horas e horas, e quando menos esperar você já vai estar jogando esse jogo automaticamente.

Chega de história. Vamos para o jogo em si.


O jogo é um “action-rpg”. Você sai por aí fazendo combos, usando magias, itens e dando ordens para sua party, enquanto evolui, ganha mais combos, magias e habilidades para sua party. Tudo é bem legal e flui bem.

Sua party é composta pelo Goo..tá..PATETA e pelo Donald. Porém, em alguns mundos você pode trocar um deles por outro membro, como a Mulan, Auron (FFX), Hércules, Jack Sparrow (CAPITÃO Jack Sparrow). Isso que é bem legal desse jogo: toda mistura entre seu universo nerd favorito com seu universo infantil e inocente.É tão divertido vendo símbolos de sua infância ceifando a vida dos inimigos.

Você viaja por vários mundos, cada um com uma temática (desde Halloween Town, do “Estranho mundo de Jack”, até a mundos originais, como Hollow Bastion), enfrentando os nobodies (os inimigos da vez), realizando minigames, e tentando descobrir o que tchongas está acontecendo.


A parte dá gráfica do jogo e competente. Digo, BEEEM competente. Merecia até uma estrelinha de bom aluno. Olha só essa imagem!!!

O ar “Tetsuya Nomura” dos personagens é bem legal (bem...desde FF7 que nós temos que agüentar esse cara, então é melhor começar a gostar do seu char design), os gráficos in-game são bem detalhados e bonitos. Mas o troféu vai para as cut-scenes. Meeeeu Deeeeus. A Square não brinca em serviço e mostra CGs de altíssima qualidade.



Bem, para falar da parte sonora, só uma palavra:



CRISTOPHER LEE!!


Sério, quando eu ouvi a voz do DiZ, e percebi quem era, eu quase mijei nas calças devido ao impacto emocional que eu recebi.


É O CRISTOPHER LEE!!


Isso deve te dar uma idéia do nível da dublagem.

E as música... aaaaa as músicas....
Pra ter uma idéia, faça um favor a você mesmo e procure no “Seutubo” a abertura do jogo. “Sanctuary”.

Agora você é uma pessoa mais feliz né?


Oooooou seja:

Kingdom Hearts 2 é um jogo bem legal. Mesmo que sendo jogado antes que o primeiro, é possível aproveitar a jogatina. A história, mesmo que tediosa no começo, se desenvolve muito bem e te prende por bastante tempo. A parte gráfica e sonora do jogo é um show a parte e a jogabilidade não deixa a dever.

Falhas?


Pooh e Pequena sereia.


DEUSES!, que mundos chatos!


Esse ursinho fofinho comedor de mel com síndrome de Down vai te deixar muito irritado. E você vai passar a odiar o fundo do mar e canções.

Há outros problemas, como ausência de bosses extras (só tem um) e minigames pouco amigáveis (ou muito amigáveis *cof cof *pooh*cof cof*), mas nada que atrapalhe muito.


AVALIAÇÃO: vale a pena jogar. Só faça um favor a você mesmo e jogue na ordem.

Esse jogo tem tudo pra se tornar uma das suas séries favoritas. Alias, a série já rendeu um bom número de jogos:
Kingdom Hearts (PS2)
Kingdom Hearts: Chain of Memories (GBA, com um remake pra PS2)
Kingdom Hearts 2 (PS2)
Kingdom Hearts : Coded (celulares – pff)
Kingdom Hearts: 358/2 Days (DS)
Além do Birth by Sleep, para PSP, cujo lançamento é o evento mais aguardado desde a nomeação do novo Papa. Quando ele for lançado e eu estiver com ele em mãos, eu prometo fazer um baita dum especial aqui.

E graças a esse jogo (a comunidade dele) que eu conheci um outro jogo.

E que jogo seria esse?

Descubra no próximo episódio.

Tenham um bom dia!

13 comentários:

  1. EH O ICO POW

    ou sei la

    PHOENIW WRITH

    eu tbm comecei jogando pelo 2

    eu comprava a revista recreio na epoca e entao eu vi numa pagina sobre esse jogo

    achei comprei ele parou de funfar no port royal dai 6 meses dps eu compro outro fecho o jogo e dps de uns 3 meses eu acho o 1 e fecho dai dps q eu fechei o 1 e gostei tanto q chorei no final(eh serio) eu resolvi fechar de novo os dois pra entender super bem a history

    mas nao me prejudicou em nada

    ResponderExcluir
  2. 1ºFUI O FIRST

    2ºsimplismente uma palavra pra essa seérie

    FODONICA

    ResponderExcluir
  3. esqueci de falar, minduin, eh um jogo q eh eu conheci na outra cominade..naum na remake...

    e ico e PW eu ja conhecia de longa data..
    (alem de q ico eu ainda num joguei)

    ResponderExcluir
  4. EU FECHEI ICO HJ MWUAHAHAHAHAHAHAHA

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Vou chutar.... ãhn...

    Éh SMT?? =]


    E KH eu começei a jogar pelo 1º.. e o texto ficou FODA.. e q pena q tu perdeu o de 5 páginas maninhu.. e ainda espero um sobre Final Fantasy... =]

    ResponderExcluir
  7. ainda não acertaram..bwaahuahauhau (detalhe: o texto ja ta pronto..hehehe)

    ResponderExcluir
  8. DISGAEA!!

    Dessa vez eu acertei néh??..
    hehehe... =]

    ResponderExcluir
  9. não...ninguem vai acertar..huahuahau...ninguem conhece esse jogo..huahuaa

    ResponderExcluir
  10. esse jogo é foda \o/ o de ds tá muito bom *quase zerando* e quando eu arranjar o de psp... aiaiaiaiaiai.... faculdade...hehehe....

    ResponderExcluir
  11. o jogo do kingdow heart 2 eu esto enfrentado o mestrão XINGBA da organizaçao 13 é muito dificil depois q vc derota ele vc ve o RIKU o amigo de Sora e a KAIRI ele tem um KEYBLADE q o RIKU da se vcs quise ajuda para como derota um mestrão só fala q eu vejo ^_^ fui vo joga ^_^

    ResponderExcluir
  12. Só eu achava uma boa idéia unirem Disney e Square antes de acontecer? Eu achava que ambas tinham tanta fantasia que não tinha como dar errado.

    Mas e aí: dá pra entender o segundo sem ter jogado o primeiro?

    ResponderExcluir
  13. dar até que dá..
    uma ou outra coisa fica meio perdida..mas dá pra entender...

    mas é melhor jogar o 1 também

    ResponderExcluir